Entenda como o vestido e o mercado imobiliário se assemelham
Mercado Imobiliário

Mercado imobiliário e o vestido colorido

Entenda como o dilema de que cor é o vestido e o mercado imobiliário se assemelham

A imagem realmente nos intriga: preto com azul, branco com dourado, azul com dourado. Afinal, qual é a cor do vestido e o que ele tem a ver com o mercado imobiliário?

Na verdade, alguns especialistas tentaram explicar por que vemos as cores de formas diferentes e quais são os motivos que nos levam a ver as cores diferente de outras pessoas. Os motivos foram muitos. Um deles é que “Olho não vê cor. Quem vê cor é o cérebro”. Parece estranho, mas nossos olhos não distinguem as cores umas das outras. Quem faz essa distinção é o córtex cerebral, que interpreta as frequências de luz captadas pelas células do olho.

Eu poderia aprofundar no tema, mas como o título deste artigo é outro, vamos ao que interessa de fato:

O que podemos aprender com a história do vestido e aplicar no mercado imobiliário?

Pensando nisso, resolvi formular aqui algumas comparações com relação a venda do imóvel e a história do vestido, espero que possam lhe ajudar.

Fotos dos imóveis

Uma das comparações  é sobre as fotos que tiramos dos imóveis para os anúncios. Quem nunca se deparou com imagens assustadoras em sites de vendas que muitas das vezes não condizem fielmente com o imóvel?

Fica claro no caso do vestido que uma foto pode influenciar diretamente na escolha de um imóvel. É a primeira impressão que o comprador terá do imóvel. Se ele está em bom estado de conservação, se é bem iluminado, se tem armários, enfim… Uma boa foto do imóvel tem 50% de chances de despertar o interesse do comprador para o seu imóvel. Portanto devemos caprichar na hora de escolher e selecionar as imagens que vamos disponibilizar para o site ou anúncio.

Pontos de vista

Quando apresentamos um imóvel é preciso estar atento ao que o comprador está vendo e não apenas o que você vê. Ficou comprovado com a foto do vestido que não temos o mesmo ponto de vista da mesma coisa: nem sempre o que um vê, o outro também enxerga.

Detalhes na decoração, a vista, a entrada na garagem, a localização, entre outros, podem ser favoráveis apenas no seu ponto de vista, mas não no ponto de vista do comprador. Por isso, estar atento ao que ele vê é muito importante para saber argumentar, buscar soluções e esclarecer dúvidas que aparentemente você não viu.

Tente fazer a visita ao imóvel com os olhos do comprador. Você precisa ver o imóvel com os olhos dele e assim argumentar de forma mais persuasiva o porquê daquele imóvel ser ideal para a compra.

A apresentação

Quando for agendar uma visita ao imóvel, oriente o proprietário a manter os ambientes limpos e com uma aparência agradável. Não são raras as vezes em que, ao entrar em um imóvel, nos deparamos com imagens que depreciam em muito os ambientes, tais como:

  • Peças íntimas penduradas no box
  • Panelas e utensílios de cozinha transbordando na pia
  • Portas de armários despencam na hora que abrir
  • Piscinas com a água sem tratamento adequado e, muitas vezes, verdadeiros criadouros do mosquito da dengue
  • Quintais sujos, com mato, fezes de animais, entre outras. Visões nada agradáveis aos olhos do comprador

Sobre o preço

Uma coisa é o preço que você pensa que vale seu imóvel e outra coisa é quanto ele realmente vale.

Muitos são os casos que na hora de avaliar o imóvel os corretores e vendedores se deixam influenciar pelas aparências: detalhes que só tem valor aos olhos do vendedor, tipo de saboneteira do banheiro, cor da pintura da sala, marca de acessórios, entre outros itens que em nada influenciam aos olhos de quem vai comprar.

A avaliação de um imóvel precisa ir além da aparência. Itens como localização, preço de condomínio, documentação, potencial de valorização e outros são fundamentais para a composição do preço final.

Enfim… Eu poderia relatar aqui dezenas de outras comparações entre o mercado imobiliário e o vestido, porém estas acima são as que podemos refletir mais profundamente.

Será que a visão do imóvel que você pretende vender é a que realmente ele deveria ter para o comprador?

Boas vendas!

Paulo Henrique da Silva, editor do blog comprenaplanta.net.

Compre Na Planta

O CompreNaPlanta.Net foi criado para compartilhar conselhos, ferramentas e serviços para ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos e investidores realizarem excelentes negócios. As sugestões de negócios são resultados de pesquisas realizadas diariamente para poder estar de fato antenado e poder contribuir de verdade para a realização de um excelente trabalho, com foco na ética, transparência e eficiência.

Você pode gostar de ler também...

1 Comment

  1. Parabéns Paulo! Excelente contextualização da história do vestido para o segmento imobiliário. Sucesso!

Comments are closed.